quarta-feira, 22 de maio de 2013

Rio Paiva/Rio Teixeira

Era dia de pescar com o meu querido amigo António Soares,um daqueles que quase minguem conhece mas que pesca à várias décadas e monta moscas diferentes da generalidade dos pescadores que eu conheço,   muito fruto dos ensinamentos do falecido Teixeira da Silva,seu colega de pesca durante muitos anos.

Temos muita coisa em comum,gostamos de pescar mas também da gastronomia dos vários locais visitados  e conhecer coisas novas.

O objectivo da jornada passava por pescar  o Paiva,na sua zona intermédia,perto de Alvarenga e provar a gastronomia tradicional das terras de Arouca,tal como a famosa carne da raça Arouquesa.

Optamos por seguir a margem direita do Douro até Ambos-os-Rios para logo mudar de direcção para Castelo de Paiva e depois subir a penosa e mal tratada estrada até Alvarenga.

Não conhecia esta bonita Vila,aliás sabia da sua famosa carne(capital do bife),mas nunca lá tinha ido.
video
http://youtu.be/JbWRYSW-UOc

Depois do repasto era tempo de experimentar o famoso rio Paiva,que para mim era uma estreia e confesso que levava alguma expectativa em relação ao seu potencial,embora soubesse de antemão que o rio sofre de alguns problemas de poluição.

Não conseguimos pescar devido ao forte caudal,ou melhor,provavelmente o local não seria o melhor para pescar à pluma.

Várias opções surgiram e uma delas era pescar a concessão do alto Teixeira.

Mais uma vez gostei daquilo que vi e terei que louvar a atitude e a disponibilidade do presidente desta associação para a obtenção das licenças diárias e todas as informações relativamente aos troços.

Foi uma agradável surpresa este troço que fizemos,com cerca de dúzia e meia de trutas em cerca de 3 horitas,algumas delas de bom tamanho,que  para um rio de alta montanha é muito bom sinal.




Ficou a vontade de lá voltar em breve....