quarta-feira, 30 de março de 2011

Ainda a ALbufeira do Alvão

Depois de consultar....e voltar a consultar.... o edital e alvará desta concessão tive que tirar as  duvidas.

Tinha verificado que o alvará teve a sua cessação em 5 de Agosto de 2010, e não encontrei informação relevante à sua renovação.

Telefonei então ao concessionário(CM Vila Real)onde,muito simpaticamente me foram informando que esta concessão não está renovada e se encontra em processo de renovação.Fiz,com é óbvio,a pergunta que se imponha -É ou não permitido pescar nestas águas? -Responderam com um redondo-"Não sabemos"!Perante isto,decidi então telefonar para a Autoridade Florestal,que de departamento em departamento,lá cheguei à fala com a Srª Engª.responsável pelo assunto em questão.A mesma pergunta! e uma resposta redundante- "nem sim nem nim",não me soube dizer qual legislação que rege esta massa de água.Argumentei então que visitaria em breve este local e que se  por ventura for fiscalizado pelas autoridades competentes quais as leis que os agentes aplicariam,se a da concessão ou a lei do regime geral da pesca,mais uma vez obtive reposta inconclusiva.
Tive também oportunidade,e ai fiquei estupefacto,de fazer mais umas perguntas a tão importante responsável-Quais as espécies que fazem parte do habitat  desta massa de água?-Resposta-Essencialmente Lucios,Achigãs,Carpas e uma população de trutas muito reduzida.Nova pergunta se imponha -então o porquê de se considerar águas salmonideas?-Resposta-É classificação que lhe foi atribuída!

Perante tudo isto concluo que,no meu entender,estas águas estão sobre o regime geral da pesca!

Lanço um desafio aos leitores deste blogue que obtenham informação à cerca desta albufeira o favor de comentarem estes factos e acima de tudo (e isto é o que mais me intriga)comentarem as espécies que habitam estas águas...não estou a ver luçios e carpas a saltarem fora da água!

Albufeira do Alvão

Continuando na pesquisa de novas linhas de água deparei-me com uma mini hídrica muito próximo de Ribeira de Pena.

Depois de fazer um breve reconhecimento da barragem apercebo-me de grande actividade à superfície.Era incrível,as trutas chegavam a saltar em piruetas fora da água.Não consegui aperceber-me o que estavam a comer,embora não estivessem muito longe das margens,de referir que estava a chover miudinho e a temperatura rondava os 14º.Estive longos minutos a observar o espectáculo até decidir ir obter informação sobre o local da obtenção das licenças,ainda com o intuito de tentar algumas secas.Eram já 15 horas e tinha que me deslocar a Câmara Municipal de Vila Real em busca da licença diária.Não cheguei a tempo!


Esta é uma zona concessionada à C.M. Vila Real ver aqui.

Fiquei com a água na boca.... votarei em breve.....por ventura não terei a sorte de presenciar igual espectáculo...

Algumas imagens....






terça-feira, 29 de março de 2011

Rio de Lourêdo/Rio Poio

Depois de conhecer à anos praticamente todos os rios do Alto Minho,tenho estado a visitar e estudar os rios de zona do Barroso,Serra da Cabreira,Serra do Alvão.
Alguns já não são novos para mim como o Peio,Bessa ou mesmo o Tâmega.

Este será o primeiro de alguns posts dedicados a esta fantástica zona e aos seus Rios.

Logo a começar,quem está habituado a pescar nos rios do alto Minho,nota desde logo a diferença na coloração das águas,muito mais escuras em relação ás do Alto Minho,talvez resultado das formações rochosas serem compostas essencialmente de xisto.

Vou começar pelo Rio de Loureda e Rio Poio.
Visitei-os ontem pela primeira vez,com o intuito de fazer um reconhecimento no terreno das condições e potencialidades de fazer umas incursões  em breve.

Estes são Rios concessionados ver aqui ao clube de caça e pesca do Poio.Tive oportunidade de estar à conversa com o seu presidente onde me explicou que nesta concessão são feitos regularmente repovoamentos com trutas fário,que está reservado um troço sem morte onde só se pode exercer a pesca com pluma e a constante preocupação em preservar um recurso muito importante para o turismo local.
Fiquei com boas impressões,quer do clube quer das condições da concessão,muito em breve terei oportunidade de ter em mãos uns exemplares destas bravas trutas.

Muitos parabéns ao clube de caça e pesca do Poio.

Algumas fotografias desta concessão....












Concessão de Pesca no Rio Louredo
Local e Horário de venda das
licenças especiais diárias
Clube de Caça e Pesca do Poio
4870-042 Cerva
Panificadora Cervense
Café Patusco;
Café de Asnela;
Café Restaurante Sobreiro.
Tipo e taxa das licenças
especiais diárias
Tipo A - sócios do Clube de Caça e Pesca do
Poio - 0,25€;
Tipo B - pescadores residentes nos concelhos
de Ribeira de Pena e Mondim de Basto –
1,99€;
Tipo C - restantes pescadores – 4,98€;
70% das licenças especiais diárias emitidas
semanalmente são para sócios do clube de
Caça e Pesca do Poio, os restantes 30% são
reservadas aos outros pescadores, dando
preferência aos residentes nos concelhos de
Ribeira da Pena e Mondim de Basto.
Número máximo de licenças
especiais diárias
60
Número máximo de
exemplares a capturar por dia
e por pescador
Truta – 5;
Ciprinídeos – sem limite
Horário de pesca Do nascer ao pôr-do-sol, nas margens
concessionadas.
Períodos de pesca De 5 de Março a 31 de Julho;
Dimensões mínimas das
espécies
Achigã, barbo, carpa e enguia – 20cm;
Boga, escalo e pimpão – 10cm;
Tenca – 15cm;
Truta – 21cm.
Processos de pesca Uma cana por pescador.
Outras condições Para obtenção das licenças especiais diárias,
os pescadores terão de ser portadores de
qualquer tipo de licença de pesca desportiva,
com validade para o concelho de Ribeira da
Pena ou Mondim de Basto, bem como do
Bilhete de Identidade.
Nota: a informação aqui mencionada não dispensa a consulta do
Regulamento e/ou Edital junto da entidade concessionária.

   

segunda-feira, 28 de março de 2011

sábado, 26 de março de 2011

Rio Mouro

Visitei na passada Quinta-feira a parte intermédia do Rio Mouro.







O resultado não foi de muitas capturas,apenas 4 trutas.Águas muito frias e caudais elevados condicionaram a jornada,coisa que eu não soubesse de ante mão,mas as saudades deste fabuloso rio falavam mais alto.Ainda tentei algumas secas mas as condições eram impossíveis,talvez umas ninfas fossem o  ideal,mas como eu ainda estou a dar os primeiros passos com ninfas não resultou.Virei-me então para  minhoca que resultou em 4 capturas,no fim o regresso feito pelo Santuário do alto Vez com os seus míticos lotes sempre na minha companhia.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Revista digital Águas Vivas


Está já disponivel em formato PDF a edição especial de Março da já conceituada revista Águas Vivas.
Esta é uma publicação http://wwwescueladealonso.blogspot.com/p/revista-aguas-vivas.html e pode ser subescrita por e-mail.As condições da subiscrição são as seguintes;

Oferta para nuevos suscriptores.


Por 6 revistas y el importe es de 25€ por los 6 números.
Al subscribirte se te mandan de regalo 10 moscas de la “EscueladeAlonso”.
Regalo valorado en 29€. Prácticamente té sale gratis la suscripción.
Recibirás también el “Catálogo 2011” de “LaescueladeAlonso” y todas las actualizaciones de forma gratuita.
Suscripción por 12 números:
Por 12 revistas y el importe es de 50€ por los doce números.
Regalo especial de 15 moscas de la “EscueladeAlonso”.
Regalo valorado en 42€. Prácticamente té sale gratis la suscripción.
Recibirás también el “Catálogo 2011” de la “EscueladeAlonso” y todas las actualizaciones de forma gratuita.

domingo, 20 de março de 2011

Ribeira de Perre/Outeiro

Esta ribeira,afluente do Lima,serpenteia por entre grandes aglomerados habitacionais e em ambiente urbano.Não é por isso que não deixa de ter uma população razoável de trutas e é de enaltecer o cuidado que estas pessoas tem em preservar limpo e livre de grandes poluições este pequeno curso de água.

Tem excelentes condições para a prática da pesca à  pluma,pena é que se primitiva a  pesca nele com morte.Tive conhecimento,de fonte segura,que esta Ribeira,bem como a Ribeira de Afife foram recentemente varridas por um conhecido pescador de minhoca que  leva tudo o que apanha,estou muito triste e atento,serei o primeiro a denunciar estas situações.

Visitei-o na passada Quinta-feira com o intuito de experimentar mais uma série de plumas feitas por mim.

O resultado foi este,










sábado, 12 de março de 2011

Resultado das minhas rudimentares montagens

Numa recente visita a uma loja de pesca encontrei em segunda mão uma Piam Concept da Sert,para linha 4 ou 5 .Ontem foi dia de a experimentar...
Resultado,