segunda-feira, 30 de maio de 2011

O enigmático lote dois do Rio Cabreiro

Se há rios que nos faxinam ,quer pela paisagem envolvente,quer pelo conjunto da sua biodiversidade ou simplesmente pelas lendas que estão associadas ao longo do passar das eras,o Rio Cabreiro é sem dúvida um deles.

Conheci-o na década de 80,já concessionado,e tive logo na altura uma enorme curiosidade de o tentar conhecer em profundo.Era jovem na época e tentei sem a ajuda das pessoas locais,que o conheciam,explorar a sua dificílima bacia,toda ela composta de grandes fragas e gargantas muito perigosas.Percorri grande parte das fragas,mas havia uma que nunca havia transposto,a fraga do poço da Ola.Esta é uma daquelas gargantas que deixam o mais experiente pescador sem sangue nas veias e com um aperto no estômago.Os anos foram passando e foi sempre tentando obter informações sobre como transpor a dita fraga,mas eram sempre escassas e imprecisas,até que,depois de muitas tentativas lá consegui transpor-la.Foi a partir daí que se abriu a porta para o enigmático Ramiscal.Eram tempos de grandes e muitas trutas,tal era a dificuldade de pescar em lugares como este.

Este é um dos Rios mais selvagens que conheço,com uma população de trutas reduzida mas de uma bravura e  beleza inigualável.

Já a anos que não o visitava pois o grave incêndio do Ramiscal em Agosto de 2006 dizimou grande parte do ecossistema do Rio levando ao quase extermínio das  trutas devido ás cinzas extremamente tóxicas que escorreram em enxurrada para o leito do rio.
Algumas Fotografias....
Muito bonitas e bravas.....
   


   

sábado, 28 de maio de 2011

Concessão do Rio Poio

Havia uma certa expectativa em relação a esta concessão,uma vez que sabia que já a longos anos estava em regime de pesca sem morte e supostamente seria protegida pela sua localização,pois atravessa o centro da Vila e com o posto da GNR em frente.
Tinha já feito o reconhecimento deste troço numa visita que fiz em Abril e tinha ficado com a sensação de que se estava perante uma rara gestão de um troço especifico para os amantes da mosca.

Eu e Zé Macedo,cliente já habitual deste troço,lá rumamos a Cerva para obtermos as licenças num dia com alguma instabilidade atmosférica com a trovoada a fazer-se ouvir nos picos das serras.
Depois de uns bons 30 minutos à espera que chega-se o livro,pois o existente tinha acabado,lá rumamos ao rio já tarde 11,30 da manhã.

Tínhamos traçado o objectivo de fazer todo o troço de cerca de 2/3 quilómetros,juntos.Começamos um pouco a montante da ponte principal e logo ali fiz a minha primeira truta,não muito grande mas era prenúncio de uma boa jornada,para logo de seguida o Zé ferrar um exemplar de respeito,muito acima dos 30/35 cm,estava lançado o mote!

Bons começos,fracos finais,pescamos umas 4 trutas cada um da parte da manhã.
Da parte da tarde iríamos fazer a parte mais interessante,na óptica do Zé.Esta é uma zona de rio aberto e com uma zona de lazer muito bem cuidada,com correntes fantásticas,propicias a bons exemplares mas as constantes obras,mesmo junto ao rio,acabaram com as expectativas de alguma captura.

Não duvido que o rio tenha trutas,mas fiquei com a sensação de que se exigia muito mais a uma concessão que tem tudo para ser uma das melhores em todos os níveis.










     

 
       

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Maré de azar

A ausência de posts nestes últimos dias  deve-se a um conjunto de factores negativos que me tem vindo a acontecer ultimamente.
O furto de uma câmara Nikon D3000 com muito material armazenado,no mesmo monumento levaram também uma Cânon IXUS também ela com muitos momentos de pesca e por fim a ultima câmara,essa com fotografia subaquática que provavelmente foi perdida lá por terras de Castelo Branco.
Perdi assim vários dias de fotografia e Vídeos importantíssimos para mim,de vários lugares que tenho visitado na ultima semana.
Uma passagem pelo Rio Homem,uma visita ao Vez,Lote 5,uma viagem de 2 dias,aos Barbos,em Castelo Branco,vários momentos de boas capturas no Neiva,enfim há alturas de grandes azares....e ainda uma caixa de plumas perdidas na concessão do Rio Poio,ontem....ficam contudo as boas recordações de momentos únicos como aqueles em que foi recebido em Castelo Branco,na casa de um casal amigo,que me deliciou com a sua hospitalidade....espero retribuir em breve...melhore dias virão com certeza!

.....Há,já me esquecia, a minha mochila de montanha também ela  se foi,carregada de material!  

sábado, 21 de maio de 2011

Desgarrada tradicinal Minhota

Nunca escondi,e é até motivo de orgulho,a paixão que nutro pelo folclore tradicional Alto-Minhoto.

Numa recente visita ao berço do Alvarinho(Melgaço)tive oportunidade de filmar um curto Vídeo de dois genuínos e típicos cantadores ao desafio,onde o seus estilos lembram o que antigamente se fazia com uma mestria impressionante,à quem chame a estes encontros espontâneos,musica dos velhos ou dos parolos,mas uma coisa é certa;isto é a nossa cultura na sua essência e inegável património ancestral.

Este Post serve ao mesmo tempo também para dar a conhecer aos muitos leitores deste Blog,espalhados pelos 4 cantos do Mundo,o que é a brejeirice e o folclore,único,do Alto Minho.

vídeo©,João Dias

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Divulgação/21 de Maio


Programa
 
Descida do rio Neiva em canoa - Minante (Antas) até à Foz do Neiva.
- Percurso pedestre Foz do Neiva até à Capela da Senhora da Guia em Belinho.
- Passeio de BTT (bicicleta todo terreno) da Capela da Senhora da Guia até Esposende.
Trata-se de um percurso lúdico que não envolve qualquer tipo de competição.

Este evento terá um custo de 25 aventuras que incluirá:
-Seguro de toda actividade;
-Kayak 2 lugares, pagaias, fato térmico, colete salva-vidas;
-Monitor de acompanhamento;
-T-shirt alusiva ao evento;
-Almoço volante;
-Bicicleta + Capacete (obrigatório) (Pode alugar ou não*);
-Local para duche no final da actividade.

*Se arranjar a bicicleta e capacete terá um desconto de 5 Aventuras
Concentração: Piscinas Municipais de Esposende pelas 9 horas

Gratos pela divulgação, apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Zé Macedo

Mais um grande pescador e montador de moscas,de uma simpatia e modéstia incrível,com quem tive o prazer de pescar  e aprender muito numa tarde memorável.


Escolhemos um troço de um qualquer rio fantástico,dos muitos do Alto Minho,onde as bravas trutas deram grande luta .Muitas e boas capturas de parte a parte,embora o Macedo me tivesse dado um festival....pudera estava só a pescar com um dos melhores pescadores de mosca a nível nacional.Várias a cima dos 25 cm e uma muito acima dos 30.Tive ainda oportunidade de tirar algumas dúvidas sobre as minhas montagens,que continuam a ser efectivas,ver algumas novidades e muita conversa sobre materiais de montagem.

Enfim,uma tarde memorável para repetir em breve,onde a lição ficou bem estudada.
Obrigado Macedo,até breve...

 Vídeos©João Dias

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Teixeira/Alfusqueiro,boa companhia e Bacalhau assado

Depois de muitos anos a pescar sozinho,tenho vindo a interagir com alguns amigos que conheci na plataforma da Internet através do blogger,onde tenho a felicidade de ter conhecido gente que partilha os mesmos ideais sem grandes interesses na ganância do numero de trutas que possivelmente levarão ao fim da jornada para casa.

O Miguel,o António(Senhor,já maduro,mas por quem eu tenho um enorme carinho e amizade)mais o António Palinhos,foram os parceiros para mais uma incursão pelo interior centro do Pais.

A ideia era pescar na parte da manhã o Teixeira na zona da praia do Vau,e de parte da tarde o Alfusqueiro,na zona de Campia,à pluma.

A escolha do dia não foi a mais acertada pois as condições atmosféricas não eram as melhores,com chuva e algum vento à mistura que dificultava a pesca,coisa que não soubéssemos de ante mão,mas estava marcado e tinha que se cumprir.

Eu e o Miguel  pescamos  com mosca seca,o Palinhas com ninfa e o Sr António com a sua habitual colher,mas os resultados foram nulos,apenas alguns ataques.

Depois do almoço,um excelente Bacalhau assado e um bom tinto,lá rumamos ao Alfusqueiro com o sol a mostrar a sua graça,mas não era dia de pesca e se da parte da manhã ainda houvera alguns ataques de tarde nada.

Ficou a sensação de que o dia não ajudou e merece uma segunda visita.

Algumas,poucas fotografias....





 

Divulgação de percursos pedestres

domingo, 8 de maio de 2011

Mais um belo truféu no Neiva

Com os barbos a começar e sua subida para desova e em locais de pouca profundidade arrastam atrás deles bons exemplares de trutas,sempre com o intuito de comer as ovas e por vezes algum barbo menos atento.

Já sabia de antemão que iria ter preso um bom exemplar,pelo que já ia prevenido com material adequado.Foi o que efectivamente aconteceu,uma bonita fário,com mais de 1.5 quilogramas,calculo eu, mordeu e deu uma luta de 4,5 minutos. Era um truta mão muito comprida mas extremamente pesada,daquelas que parecem redondas de tanto comer...
Depois de fotografada e um deficiente vídeo que visava o momento da solta,que ficou a meio,porque estava sozinho e não é fácil filmar e segurar um exemplar destes só com uma mão,lá seguiu o seu destino com os beiços doridos..... para daqui a alguns dias dar alegria a mais alguém...
Algumas fotografias e o deficiente vídeo...




sexta-feira, 6 de maio de 2011

Trilho das brandas

Cumpriu-se ontem mais um percurso,desta vez misto,entre um trilho fantástico e um troço de rio de alta montanha.





Quanto ao trilho,é muito bonito,onde se pode ainda visitar algumas brandas em perfeito estado de conservação e activas.
O troço de rio visitado é também ele dos mais belos,inserido numa zona onde predomina   grandes fragas e gargantas e com trutas muito bonitas,caracterizadas de um tom escuro e pintas cor de laranja vivo.
A jornada de pesca não foi muito famosa devido ao frio e vento leste que se fazia sentir com alguma intensidade,mas mesmo assim lá se renderam alguns exemplares...
Algumas fotografias e um pequeno vídeo onde se pode ver ainda um já raro sistema do árduo trabalho dos habitantes serranos na labuta diária....

 







quarta-feira, 4 de maio de 2011

Rio Olo (segunda parte)

Uma segunda serie de fotografias das imponentes fragas e gargantas do Rio Olo,mais conhecidas por Fisgas de Ermelo....


























um pequeno vídeo das imponentes fragas,com mais de 300 metros de altitude.......

Fotografias e vídeo©João Dias